Língua Gestual Portuguesa (LGP)

 

 

Direção Geral do Emprego e das Relações de Trabalho do Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social

 

Curso de Verão
8015 a 30 de julho

        30 HORAS

MANHÃ

10h00 a 12h30 | PRESENCIAL

TARDE

14h30 a 17h00 | PRESENCIAL

NOITE

17h30 a 20h00 | ZOOM

As turmas são constituídas com um número máximo de 20 alunos, enquanto as turmas de entidades externas, conforme protocolo, com um mínimo de 8 alunos.

Os tipos de formação que prestamos estão descritos na tabela a seguir:

Os aspetos formativos são tidos em conta com base de dois critérios:

  1. Funcionamento das aulas:
    1. As aulas, por norma, têm um breve intervalo;
    2. Os alunos devem respeitar ao máximo o tempo definido para a aula de modo a não provocar interrupções;
    3. Durante as aulas será somente usada a Língua Gestual Portuguesa ou a mímica e, eventualmente, a escrita, sendo estritamente de evitar o uso da oralização;
    4. Os alunos poderão ser filmados para efeitos de avaliação;
    5. Os formadores podem ser substituídos durante o curso de LGP, e as aulas podem ser leccionadas por mais do que um formador de LGP;
    6. A Associação Portuguesa de Surdos reserva-se o direito de juntar turmas sempre que isso se justifique;
  2. Faltas:
    1. As faltas justificadas devidamente comprovadas (por doença, falecimento de familiar ou por motivos profissionais) serão contadas como presenciais para o número total de horas do certificado;
    2. O aluno terá direito a obter uma declaração de frequência;
    3. Em caso de desistência, deverá informar imediatamente a secretaria, por telefone ou e-mail.

A avaliação contínua é da responsabilidade do Formador de LGP da turma e a avaliação final de um júri composto por 2 elementos.

O Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas (QECRL) foi elaborado em 1996 por uma equipa de especialistas, a pedido do Conselho Europeu, com o objetivo de estabelecer normas claras nos diferentes níveis de aprendizagem das línguas. Este documento fornece uma base comum para a conceção de programas, para o reconhecimento de sistemas de avaliação e para a emissão de certificados com valores equivalentes, no espaço multilingue que é a zona euro.

Aprovado em 1996 e publicado em 1997 pelo Conselho Europeu, a sua adaptação para as línguas gestuais só foi efetuada para as línguas gestuais, a pedido do Ministério de Educação francês, para a Langue des Signes Française (LSF), em 2002.

Em 2006, a partir deste trabalho realizado para a LSF, a Associação Portuguesa de Surdos adaptou o quadro para a LGP, procurando valorizar a progressão na aquisição de competências comunicacionais nesta língua.

NCERTIFICADOQECRLDIPLOMACOMPETÊNCIAS
1NÍVEL DE INICIAÇÃO
(I - 120h)
A1ESTUDOS BÁSICOS
Utilizador elementar
É capaz de compreender e usar expressões familiares e quotidianas, assim como enunciados muito simples, que visam satisfazer necessidades concretas. Pode apresentar-se e apresentar outros, utilizando o alfabeto manual, e é capaz de fazer perguntas e dar respostas sobre aspectos pessoais como, por exemplo, o local onde vive, as pessoas que conhece e as coisas que tem. Pode comunicar de modo simples, se o interlocutor falar lenta e distintamente e se mostrar cooperante.
2NÍVEL ELEMENTAR
(II - 120h)
3NÍVEL PÓS-ELEMENTAR
(III - 120h)
A2É capaz de compreender frases isoladas, incluindo situações que recorram a uma ou mais palavras soletradas manualmente, e expressões frequentes relacionadas com áreas de prioridade imediata (p. ex.: informações pessoais e familiares simples, compras, meio circundante, trabalho). É capaz de comunicar em tarefas simples e em rotinas que exigem apenas uma troca de informação simples e directa sobre assuntos que lhe são familiares e habituais. Pode descrever de modo simples a sua formação, o meio circundante e, ainda, referir assuntos relacionados com necessidades imediatas.
4NÍVEL PRÉ-INTERMÉDIO
(IV - 120h)
B1ESTUDOS INTERMÉDIOS
Utilizador independente
É capaz de compreender as questões principais, quando é usada uma linguagem clara e estandardizada e os assuntos lhe são familiares (temas abordados no trabalho, na escola, nos momentos de lazer, etc.) É capaz de lidar com a maioria das situações encontradas na presença de falantes da língua-alvo. É capaz de produzir um discurso simples e coerente sobre assuntos que lhe são familiares ou de interesse pessoal. Pode descrever experiências e eventos, sonhos, esperanças e ambições, bem como expor brevemente razões e justificações para uma opinião ou um projecto.
5NÍVEL INTERMÉDIO
(V - 120h)
6NÍVEL PÓS-INTERMÉDIO
(VI - 120h)
B2É capaz de compreender as ideias principais em discursos gestuais complexos sobre assuntos concretos e abstractos, incluindo discussões técnicas na sua área de especialidade. É capaz de comunicar com um certo grau de espontaneidade e de à-vontade com falantes nativos, sem que haja tensão de parte a parte. É capaz de exprimir-se de modo claro e pormenorizado sobre uma grande variedade de temas, explicar um ponto de vista sobre um tema da actualidade e expor vantagens e inconvenientes de possibilidades diversas.
7NÍVEL PRÉ-AVANÇADO
(VII - 150h)
C1ESTUDOS AVANÇADOS
Utilizador proeficiente
É capaz de compreender uma grande diversidade de enunciados gestuais (em situação ou gravados) longos e exigentes, reconhecendo os seus significados implícitos. É capaz de se exprimir de forma fluente e espontânea sem precisar de procurar muito os gestos adequados. É capaz de usar a Iíngua de modo flexível e eficaz para fins sociais, académicos e profissionais. Pode exprimir-se sobre temas complexos, de forma clara e bem estruturada, manifestando o domínio de mecanismos de organização, de articulação e de coesão do discurso.
8NÍVEL AVANÇADO
(VIII - 150h)
9NÍVEL PÓS-AVANÇADO
(IX - 240h)
C2É capaz de compreender, sem esforço, praticamente qualquer discurso gestual. É capaz de resumir as informações recolhidas em diversas fontes (em situação ou gravados), reconstruindo argumentos e factos de um modo coerente. É capaz de se exprimir espontaneamente, de modo fluente e com exactidão, sendo capaz de distinguir finas variações de significado em situações complexas.
10NÍVEL SUPERIOR
(X - 240h)